segunda-feira, 19 de Abril de 2010

Criança de Rua.*


Olhar triste..não sei o que pensa

Tanto sofrimento, tanta morte, tanta fome, espero que um dia esqueça

Ele viu.. ele sentiu.. ele viveu

Viu a dor.. sente angustia..lembra o que perdeu


Não são lágrimas o que ele chora

é agua o que cai dos olhos naquela hora

as lágrimas se foram com a fome

com a identidade e com o nome


Não é um sorriso o que pensas ver

é uma tela...Um quadro do sinónimo de sofrer

É morrer sem nem sequer viver

É aprender com a vida sem querer

Crescer sem notar

Ver-se velho sem se preparar

Derepente acabou o miúdo, o velho, o homem

ninguém notou, tantos somem

ninguém deu pela falta .. nem se apercebeu

que afinal o nosso futuro assim morreu..

~As crianças são o nosso futuro..Vamos cuidar desse fruto não maduro.*

Sem comentários:

Enviar um comentário